terça-feira, 24 de maio de 2011

COREGEO: CONSELHO REGIONAL DE GEOGRAFIA DO SUDESTE – UNIFAL

Ata Publicada na lista de discussões EREG-SE

PAUTA:


  1.   Informes;
  2. Moradia Estudantil e criminalização dos movimentos sociais.
  3. Acúmulos das escolas sobre permanência, vivência e resistências
  4. Concepções de Encontro;
  5. Comissões e Estatuto;
  6.  EREGEO-IFF Campos/RJ
  7. Discussão do possível tema Movimentos Sociais e Educação: o papel da (o) geógrafa (o) na sociedade.
  8. Meios de articulação, inclusive site do Encontro.


Informes:



UFES

O reitor pediu exoneração do cargo, para trabalhar como assessor de um senador do ES, as eleições para o cargo serão antecipadas, e todos os pré-candidatos (até o momento) tem alguma ligação com a antiga chapa da reitoria. Estudantes, professores e servidores estão se reunindo para tentar lançar uma chapa de oposição.A comissão apara o processo eleitoral será presidida por um aluno do dce. Semana de geografia seria junto com a semana da geografia, mas ficou muito em cima e foi adiada para 8, 9 ,10 e 11 de junho.



UERJ – FFP

Processo de eleição do DCE com 4 chapas inscritas, pois a atual gestão não representa a ffp perante a reitoria, problemas com o atual reitor com relação a verbas e o sucateamento da escola. Luta pelo bandeijão onde no maracanã já esta em construção mas a obra esta lenta onde agora com eleição para a reitoria percebe-se a vontade de terminar a eleição com intenção de votos, sendo que a FFP reclama que esta meio deixada de lado pela atual gestão Reitoria e DCE atual , também fizeram um manifesto pelo bandeijão. Conseguiram um computador para sala o CAGEO, agora estão correndo atrás de uma reforma para a sala. Luta pelo Ônibus inter campi, pois a passagem é cara. A Calourada Unificada de 2011.1 foi organizada pelo Conselho de CA’s obtendo um grande sucesso entre todos os calouros da unidade, levando para todos através de palestras e debates um pouco da militância estudantil e o atual panorama da FFP. Outro problema que afeta a unidade, assim como toda a universidade é o de evasão de professores. Muitos deixaram a faculdade por conta dos baixos salários e por falta de concursos para efetivação de novos.   



UNIFAL

Estão sem chapa de C.A desde outubro do ano passado ( não tem atual gestão ) , não foi chamado edital de eleição de C.A e esperaram a vontade de alguém se manifestar atualmente esse ano um grupo resolveu se manifestar , estão em processo de luta para baixar o valor do restaurante universitário e colocaram um plebiscito e estão vindo com a proposta de uma serie de bolsas para assistência estudantil ( ampliação ) e a implantação de um restaurante popular não só para alunos mas como para toda comunidade no valor de 2 reais, lutam por mais professores onde no momentos estão com somente 9 professores.  E faltam no mínimo mais 3 professores para cobrir o mínimo de professores . não tem professores que trabalham na área de educação e foi aberto processo de contratação de 2 professores substitutos sendo 1 para a área de educação e 1 para . Reformulação da grade de Geografia permitindo uma parcela do curso ser a distancia no caso o professor de Biogeografia propondo que sua matéria seja cursada a distancia.



IFF CAMPOS

Eleição do DCE com vitória da chapa 2, na qual a geografia apoiou,  houve muitos problemas durante a eleição com pessoas do C.A de geografia apoiando em peso. Para não se sentirem prejudicados com o a vitória de chapa opositora , e 3 alunos da Geografia agora estão respondendo sindicância devido aos problemas durante a eleição , antes disso houve sessões em cima das urnas de 3 campis o que não deu 50% das dos votos mantendo assim a validade do processo eleitoral ,
sendo que as sessões foram propostas por urnas com problemas, a comissão eleitoral era totalmente despreparada, e não souberam trabalhar para um bom processo eleitoral , onde o centro acadêmico de geografia apoiou o processo de sindicância desde que não atrapalhasse a vida acadêmica dos alunos . com muita dificuldade conseguimos um ônibus e ajuda de custo para o alunos irem ao ENPEG, após manifestos. Realização do 1 coloquio de ensino em geografia, semana de lutas e comemoração do dia do geógrafo. Corres para o eregeo.Problemas de articulação com a direção do campus. Vai acontecer no mês de julho o primeiro encontro academico dos ensinos superiores do iff no campus de macaé, onde o mesmo esta sendo realizado pelo dce, com a presença do teatro mágico, dado uma palestra e fazendo show, este encontro vai ter o gasto de mais de 130 mil reais e já foi liberado pela reitoria.



Moradia Estudantil e criminalização dos movimentos sociais.



UFES – Trazem a proposta para problematizar quais são os focos concretos da EREG e o que ela vem acumulado de experiência e resultados nas “bandeiras” levantadas pela executiva. Ex. Criminalização dos movimentos sociais, encontros estaduais para que? Buscar o que? Construir o que? Visto pelo histórico dos últimos encontros.

Conselho - Parece claro uma distancia entre os discursos, que é repleto de criticidade e fundamentações, e a pratica, na qual esta está esvaziada desta criticidade, e que nos encontros vem acarretando inúmeros prejuízos para as escolas cedes (baderna generalizada, drogas, muitas festa e pouco espaço de discussão política) e nenhuma, ou mínima, deliberação para colocar em pratica o pensamento critico da geografia.




Encaminhamento:

  – tendo em vista que a necessidade de integrar o discurso crítico à pratica, e assim buscar métodos e romper com o circulo vicioso de acumulações sem efeito que vem sendo acarretados até o momento por esta executiva, seria melhor palpável construir espaço de formação política, ou até mesmo organizar os encontro regionais, nas paisagens onde a realidade venha buscar como método de sua transformação a própria critica sobre a realidade – áreas de  reforma agrária, atingidos por barragens, movimentos por moradias, consciência negra.



- organizar, pós EREGEO-IFF (RJ), o I Seminário de Formação Política da EREG-SE, conforme aprovado na plenária de Alfenas, que venha politizar os estudantes de geografia do sudeste. – datas sugeridas: 9 a 11 de outubro, 26 a 28 de novembro e 1 a 3 de dezembro. Fica a cago da executiva para os próximos conselhos deliberar a melhor data.



Moradia Estudantil

- Haja visto que os problemas que concernem a moradia estudantil sobre precarização e/ou falta de políticas públicas não estão restritamente centralizados na USP, mas em todas as escola que estiveram presente neste conselho, e também em outras instituições de ensino. Há a necessidade de incluir esta bandeira no GT de Educação, já que esta contempla a pauta sobre o tema. (qualidade, moradia, alimentação, transportes entre outros direitos).



OBERVAÇÃO – Há consenso de que a pauta “Concepção de Encontro” foi contemplada nas discussões a respeito do por que levar a geografia critica a EREG-SE e assim concretizar o discurso a prática.



Comissões e estatuto



Segue o recorte da ultima ata – São Paulo:

  • “Foi rememorada a Plenária do último encontro o a ata do último COREGEO

sobre este ponto. Além disso, lemos o antigo estatuto (1996) trazido pela PUC-SP. O COREGEO-SE depois de uma longa discussão não teve entendimento claro se as comissões citadas na ata da plenária final do último EREGEO-2010 (Alfenas) são para  criar estatuto e/ou para organizar o encontro  (o que  seria o mesmo que  instaurar uma gestão executiva provisória)?  

  • Devido  às  inúmeras dúvidas  sobre o caráter dessas comissões e qual  seria de fato  a  viabilidade  dessas  se  realizarem,  lembrando  que  até  agora  nenhuma Escola/estudante se manifestou neste ponto, não  conseguimos dar  continuidade  a  este ponto. Pedimos esclarecimentos no próximo COREGEO.”


Tendo em vista que neste conselho nenhuma escola presente trousse propostas de formulação do estatuto como estabelecido no conselho realizado em março em São Paulo, e como os maiores interessados pela proposta de estatuto não se organizaram em comissões propostas na plenária final, este conselho estabelece que havendo propostas de estatuto, este seja apresentado no EREGEO-IFF/11, devendo ser analisado em grupo de discussão, e posteriormente condensado em uma única proposta que devera ser apresentado em plenária final. Serão computados um voto por escola, com o objetivo de desvincular o voto individual remetendo ao conjunto das escolas.



EREGEO IFF



-Estrutura

Escola sede sinaliza que há acordos positivos para liberação de alojamento no campus universitário central, com as condições de que as pessoas sejam alojadas em salas de aula, tendo de separar homens de mulheres. Não foi liberado, por enquanto, espaço para montar barracas. A estrutura liberada contempla também banheiros para banhos e necessidades comuns.



O C.A.GEO ainda estuda a possibilidade de realizar o encontro na ASSETEC  - Clube de funcionário- ou então para o campus GUARUS.



A reitoria ira ceder o material necessário para os encontristas – caneca, pasta, bloco, caneta, material gráfico, material de limpeza e, provavelmente, café da manhã.



-Alimentação

Entre as possibilidades de fornecimento da alimentação, a escola cede esta com dificuldade de achar preços acessíveis, sendo a o primeiro orçamento o valor de R$ 6,00 reais por refeição.



A escola esta articulando as possibilidade de a refeição ser adquirida e preparada, durante todo o encontro, pelo MST, sendo que este oferece uma diversidade de alimentos – arroz, feijão, legumes, saldadas, carnes, fruas e entre outros. Ainda não se sabe qual o valor total que seria. O movimento sem terra contribuirá também com uma feira na qual haverá artesanatos e entre outros alimentos. A escola trará o orçamento no próximo conselho.



-Deliberações

A data do encontro será: 28, 29, 30 e 31 de julho. Essa data foi estipulada e houve consenso neste conselho, tendo em vista que no segundo semestre haverão outros encontros da geografia pelo país, dificultando a realização do encontro neste período.



Site – o limite para o site do encontro entrar no ar é até 6 de junho. Este já esta sendo preparado pela escola sede. ( www.eregeoiffcampos.xpg.com.br).



Arte – as escolas que se interessarem em criar a arte para o cartaz do encontro, tem o prazo até 6 de junho para apresentar à executiva. Deverão ser apresentadas na lista de e –mail.



BRIGADAS - As brigadas deverão ser discutidas mais profundamente no próximo conselho. Porém, este CORGEO refletiu que nos últimos encontros, as experiências vem sendo esvaziadas sobre essa forma de se organizar, tendo pouco efeito. Isso está diretamente relacionado à disciplina do encontrista para cumprir as tarefas, construindo um coletivo. Levantamos as experiências de brigadas nos Estágios de Vivencia (EIV), nas quais estas cumprem a proposta metodológica com perfeição. As experiências do EIV deverão ser a base da discussão sobre brigadas no próximo conselho, com o apoio das pessoas que já participaram ou organizam esse estágio (UNIFAL e UFES).



Tema



O conselho refletiu sobre o tema proposto na ultima ata e avalia como satisfatório para o encontro o seguinte tema:

“Movimentos Sociais e Educação: a quem serve a geografia?”





Ementa:

“A educação não muda a sociedade,

a educação muda o homem.

O homem muda a sociedade”

(Paulo Freire)



Nos últimos anos, os movimentos sociais que representam as classes sociais excluídas foram estrategicamente submetidos pelo estado e os poderes persuasivos da mídia a sofrerem um processo de cirminalização. Desta forma, a educação vem a ser uma das principais alternativas como “instrumento” para a emancipação destes grupos marginalizados. Porém, a educação, de forma geral, passou a ser precarizada por políticas educacionais que vazaram somente o sucateamento do ensino básico, e criação de cursos técnicos e superiores que atendem aos interesses do capital privado, reproduzindo assim, a organização do trabalho e a reprodução das classes dominantes.



- O tema será utilizado na mesa de abertura do encontro.

 

GD’S

Neste conselho, analisando a melhores propostas para se encaixar no Grupos de Discussão, decide os seguintes temas:

1-      Formação e Ensino

2-      Criminalização da pobreza e dos movimentos sociais

3-      Formação Política

4-      Estatuto



Encaminhamentos:



A UFES se compromete a construir a carta e a ementa do GD “Formação Política” e o contato com o Prof. Paulo Scarine, para a mesa de abertura

UERJ-FFP – contactar e convidar o Prof. Paulo Alantejano para a mesa de abertura

IFF – contactar e convidar o Prof. Ruy Moreira para mesa de encerramento – “O resgate histórico do movimento estudantil na geografia e a EREG-SE”



OBSERVAÇÃO – para a mesa de abertura haverá somente um dos convidados acima.



 

Inscrição

Antecipadamente, até 25 de julho:

Com alimentação - R$ 50,00

Sem alimentação - R$ 25,00



De 26 de julho em diante:

Com alimentação - R$ 55,00

Sem alimentação - R$ 30,00



Encaminhamento:

A escola cede devera especificar no site todos os tributos referentes a inscrição e quais os direitos das pessoas inscritas.



Próximo Conselho



O próximo COREGO-SE será realizado em Vitória, na Universidade Federal do Espírito Santo, nos dias 24, 25 e 26 de Junho.



OBSERVAÇÃO – devido a fragilidade da UNIFAL em arrecadar verba, este conselho concede o financiamento de 2 pessoas para irem a Vitória na data o vigente acima.



Pautas:

  • Informes
  • Brigadas
  • EREGEO IFF
  • Seminário de Formação Política
  • Criminalização dos Movimentos Sociais
  • Próximo conselho (se houver)
Para obter a mesma no formato .doc , acesse http://br.groups.yahoo.com/group/ereg-se/message/2618

por: Josimar Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário